Vamos

domingo, junho 18, 2006



Ops! Onde é que eu estou?

Cheguei a um sitio tão lindo, um planeta que nem em sonhos imaginava existir. Andei por florestas, nadei em rios de águas limpidas e conheci seres tão gentis que me perguntei se não seria melhor ficar por aqui! Eis senão quando surgue no horizonte um aglomerado de contruções. São as cidades, diz um ser com uma vestimenta à qual chamam fato, é aqui que moram os seres civilizados. Comecei por passear pela tal cidade e ao contrário da floresta onde todos me sorriram, ninguém me olhava ou sorria. O meio de transporte eram umas máquinas que deitavam um fumo insuportável que me irritava a garganta. Parei mais à frente num género de floresta pequena e sentei-me, junto a mim estava um ser, parecia muito infeliz e perguntei-lhe porque estava tão triste, disse-me que nesta cidade pessoas como ele se chamavam sem abrigo. Não entendi e pedi que me explicasse, o ser foi contando que tinha sido rico e poderoso que pensou que não precisava de ninguém pois o dinheiro que ele tinha dava para comprar tudo, ter poder. Explicou-me que neste planeta quem fosse poderoso poderia ter tudo o que quisesse, que esta era a lei e que todos os outros faziam parte da engrenagem dos tais poderosos. Perguntei-lhe então o que tinha sucedido para estar agora tão infeliz. Explicou-me que foi vítima de um defeito humano chamado ganância que ataca a maior parte dos poderosos deste planeta. Perdeu tudo o que tinha e agora o que lhe resta é uma pequena floresta à qual chama casa na cidade cinzenta no planeta dos poderosos.

10 comentários:

CORCUNDA disse...

Triste realidade, infelizmente muito vulgar...

blitzk disse...

adorei as tuas letras, e como diz o mentecapto, triste realidade..

JL disse...

Hoje passo só para agradecer a visita feita ao "Observatório". Vola sempre. Farei o mesmo a este espaço.

mitro disse...

Bem feita!

(infelizmente na realidade não é bem assim)

jotadias disse...

Quando as verdades viram poesia, a prosa é linda. Parabéns

PiresF disse...

E tem pernas para andar... Espero pela continuação.

Bem vinda! Espero que seja por muito tempo.

Abraço.

Sofia disse...

Belo texto. Todos estamos assim, vivendo em "selvas de pedra" e lutando para não sermos devorados pelos nossos semelhantes.
Abraços

disse...

Ta Brutal Dulce, + 1 Bocado e viras Poeta, ;) Pk K N Começas A Escrever 1 Livro? Tens Muito Jeito, Sera Q Esta inspiração Toda Provem Do Hotel?? ;P
Continua Assim, Tens Todo O Meu Apoio, Muito Giro, Muito Giro
VIVA PORTUGAL!!!!!!!!!!!!!

Bjos

Lord of Erewhon disse...

Está bonito.

xicoxperto disse...

E cada vez estamos mais perto de "morar" nessa floresta mas, como alguém comentou, raramente os poderosos caiem nessa desgraça. Eles contribuem para ela.