Vamos

sexta-feira, abril 24, 2009

35 anos de liberdade



Genial Zé Mário e tão actual! O que muda são as personagens mas o cenário é o mesmo.
Continuamos a ser os mesmos com os mesmos gostos,com as mesmas garras postas em cima de nós.Continuamos sim Zé a ver o Benfica e o Sporting,continuamos a perder o nosso tempo em frente à televisão e deixamos que uns filhos da puta de gravatinha decidam por nós. Somoms assim Zé,um povo que vive num bairro e que critica o vizinho que não tem o tal carro,mas que não se importa que lhe roubem os seus direitos.
Somos um povo pacífico Zé,fomos habituados a vergar a cabeça e a considerar os nossos direitos como esmolas e assim continuamos.Confiamos em politicos que têm feito carreira para beneficio próprio dando de vez em quando esmolas em tempo de eleições.
Fomos vendidos a um organização chamada UE e que responde cada vez mais ao apelo do grande capital.
Temos o nosso país arruinado Zé!
Resta-nos lutar por um Abril melhor.

9 comentários:

Observador disse...

Há canções cujas letras se mantêm actualizadas.
Esta é, sem dúvida, uma delas.

Mas o que temos nós, povo insatisfeito (e com razão) feito para alterar este estado de coisas?

Eles comem tudo e não deixam nada.
(onde é que já ouvi isto?)

Pata Negra disse...

Este FMI é também um pedaço da minha vida. De tanto o ouvir, quase o tenho decorado! Cheguei a pensar decorá-lo para o reproduzir em tertúlias de amigos! Só não o decorei completamente porque os amigos a pouco e pouco foram comprando sofás!
De pouco nos valerá a liberdade se o barco se afundar! Que seja um naufrágio!
Vá, mandem-me lavar as mãos antes de ir para a mesa, filhos da puta do caralho de progressitas da revolução que vos foda a todos!
Um abraço do Carvalhal

Emigrante disse...

E junto a minha à vossa voz.

Teresa

Paulo Vilmar disse...

Mariazinha!
Que todos tenham teu espírito de luta, pois desta forma nunca nos vencerá o capitalismo e seus sanguessugas representantes!
Lembremos sempre do mal das ditaduras, da falta de liberdades e dos políticos corruptos, pois um dia, tenho certeza, comstruiremos um mundo novo possível...
Beijos!

Miguel disse...

Estamos a precisar de um novo 25 de Abril para abanar este Pais ...!


Bom Feriado da Revolução dos Cravos ...!
Um Abraço da M&M & Cª!

aflores disse...

Na altura da emissão do álbum (velhinhos vinis) "Ser Solid(t)ário", JMB deu diversos concertos pelo País. Eu, tive o prazer de o ver e ouvir ao vivo e logo na primeira fila, no "Carlos Alberto" hoje Auditório Nacional.
Passados estes anos todos, as letras e músicas desse e de outros álbuns continuam sempre actuais. Porque será? Bom...ficávamos aqui o dia todo pois o assunto "dá pano para mangas".

- Quanto à camisa e gravata :o) nem todos são fdp :)))))))

- e já agora..."Neste blogue praticam-se a Liberdade e o Direito de Expressão próprios das Sociedades Avançadas" ...a moderação de comentários é exemplo disso? :o) :))))))

Grande e fraterno abraço Solidário ;)

Mariazinha disse...

Observador:
Temos que passar à acção criando movimentos de cidadãos para defender os nossos direitos.Pedir responsabilidade politica a quem elegemos nas eleições,através de emails,cartas etc.
Dirás que não serve de nada mas chateia!

Magestade:
Um naufragio que os leve para muito longe.

Emigrante:
Um abraço fraterno

Vilmar:
Lutar por um mundo melhor é o meu dever.

Miguel:

O novo 25 de Abril tem que ser feito principalmente nas mentalidades.Educar para a cidadania.

Flores:
Em principio eu não excluo comentários por divergencia de opinião,só excluo certos comentários de tarados que utilizam os blogs para ofender.
Quanto à gravata eu não generalizo.
Cada um anda vestido como quer desde que ande lavadinho...


Beijokas a todos

Ferroadas disse...

Grande Zé Mário, sempre actual, este poema, corrosivo QB, ataca o capitalismo no seu interior, aliás, onde deve ser atacado. Tal como o Povo, este poema fala a sua linguagem, por isso está sempre actual.

BJS

Henrique Mário Soares disse...

Eu pela minha parte subscrevo todas as palavras tuas e do nosso grande José Mário Branco. Já tive o prazer de ver este video no youtube e está fenomenal.
Um forte abraço