Vamos

segunda-feira, novembro 17, 2008

Milu a grande timoneira




Culto da Personalidade ou Culto à personalidade é uma estratégia de propaganda política comum em regimes autoritários, baseada na exaltação das virtudes - reais e/ou supostas - do governante, bem como da divulgação positivista e inventiva de sua figura. O culto inclui cartazes gigantescos com a imagem do líder, constante bajulação do mesmo por parte de meios de comunicação e perseguição aos dissidentes do mesmo - tudo isso é culto à personalidade. Hitler, Stalin, e Saddam Hussein são apenas alguns exemplos dessa tendência política.

Texto tambem publicado no blog Alternativas

In Wikipédia, imagens "roubadas" a wehavekaosinthegarden

1 comentário:

Marreta disse...

Calma que ela já está a recuar. Os cérebros estão a começar a raciocinar e já cheira a votos...

Saudações do Marreta.