Vamos

quinta-feira, outubro 23, 2008

DUAS VEZES NUM MÊS NÃO É DEMAIS?!

Parece-me que qualquer coisa neste país está a precisar de uma revolução profunda.

Roubarem-me o carro à porta de casa não é normal. Roubarem-me o carro à porta de casa, o mesmo ter sido recuperado, arranjado, voltado ao lugar de origem e ter sido novamente roubado passados 4 dias depois de ter saído da oficina e depois de ter gasto 500 euros entre reboque, conserto e um novo seguro, costumava ser completamente anormal neste país de anormalidades. Costumava.





Já só falta os polícias serem como no Brasil, porque os ladrões já são os mesmos. Novas leis e novas formas de actuação precisam-se urgentemente, senão por cá também existe a lei da bala!

# Mariazinha (comunista, honesta, trabalhadora, contribuinte, revoltada e inconformada, que não se importa, à velha maneira da padeira, de trocar a pá pela fusca)

* Publicado também no "Cheira-me a Revolução".

3 comentários:

Pata Negra disse...

Se se chamasse Miguel Sousa Tavares já tinha havido um apelo nacional! Assim, terás de esperar que os putos voltem do Algarve!
Um abraço solidário

ferroadas disse...

Olá amiga

Olha diz ao socas para colocar um daqueles carros de combate que comprou (com o nosso dinheiro) na tua rua, talvez assim os ladrões se vão embora.

Ou então muda de casa.

BJS

Marreta disse...

Acho que mais eficaz era por um carro de combate à porta do bairro deles para evitar que eles saíssem de lá.
Saudações do Marreta.