Vamos

domingo, julho 20, 2008

A tua força


Despertar a horas, dizer ao companheiro o quão importante é estar alerta.
Depois de tantas horas de boa conversa, urge o tempo de agir.
Aprender, ensinar e fazer valer as tuas ideias ou ainda melhor, torná-las realidade.
Quantas vezes te preguntaste " o que faço aqui?"
Quantas vezes sentiste o amargo da revolta por viveres num país cada vez mais desigual?
Não podes ficar parado, dá-me a tua mão e faz-te cidadão de um país que
está cada vez mais só.
Aborrece, reclama, faz-te ouvir, grita até mais não!
Não deixes que te desrespeitem, não tenhas medo, conta comigo!

12 comentários:

Zorze disse...

É exactamente isso.

Beijos,
Zorze

Marreta disse...

Isto está a precisar é de uma grande e potente limpeza, principalmente nas mentalidades e nos políticos que nos desgovernam.
Saudações do Marreta.

Savonarola disse...

Acho a ideia óptima. Ainda que, por azar, não obtenhas resultados imediatos, pode ser que a médio prazo os deite abaixo do poleiro!

Um abraço anarquista

Pata Negra disse...

A decadência do capitalismo promete novas oportunidades: talvez ainda vivamos o suficiente para viver novas revoluções.

Uma braço revolucionário

samuel disse...

Que texto bonito!

Abreijos

Kaotica disse...

Que esta corrente se espalhe pela blogosfera até extravazar para as ruas. Dá mesmo vontade de dizer: acorda, povo!

CRN disse...

Conta comigo, hoje e sempre, é de pessoas como tu que Portugal carece!

Cumprimentos.

C Valente disse...

...e comigo
subscrevo
Saudações amigas e bom fim de semana

CRN disse...

Mariazinha,
Dia 06, 20h, festa do avante, pavilhão do alentejo, jantar blogosférico, contamos contigo!

Abraço.

Miguel disse...

Dou-te a minha mão ...

Juntos seremos mais fortes ...

BOM FDS!
Bjks da M&M & Cª!

Ana Camarra disse...

Conta comigo também, Luta e Jantar.

Hasta la Victoria, siempre

Emília disse...

País desigual, sim, gritantemente desigual!A precisar de um novo alento, de muitas consciências despertas. Estamos aqui!
Abraço grande.